O que é necessário para produzir bons vídeos para a sua campanha?

Nesse texto você vai encontrar dicas preciosas sobre como gravar bons vídeos para a sua campanha.



Na era digital em que vivemos, é preciso se adaptar. Se você pretende concorrer nas eleições, não basta mais aparecer apenas em panfletos e no horário eleitoral. Os eleitores querem te ver em outras plataformas, como em vídeos no Youtube, Facebook e Instagram. Essa é uma boa forma de se aproximar do seu público e ainda passar a sua mensagem por meio de canais de comunicação menos “engessados”.


Mas como fazer um bom vídeo para a campanha? Você deve estar se perguntando. Preparamos um passo a passo para te ajudar nessa tarefa.


Escolha um tema


A pauta do vídeo é a primeira coisa a ser decidida. Você quer explicar algum projeto da sua campanha? Colocar algum assunto em debate? Ou mostrar alguma situação problemática em seu município, como uma obra pública não finalizada, por exemplo? 

Ao escolher o tema, pense na melhor linguagem para utilizar. Ela deve estar alinhada com a imagem que você pretende transmitir ao seu público. 


Desenvolva um roteiro


Antes de ligar a câmera, tenha sempre um roteiro em mãos. Liste tudo o que você pretende falar no vídeo e os tópicos que não pode esquecer de jeito nenhum. Assim, fica fácil de se organizar e você não corre o risco de parecer repetitivo.

Grave em um local sem muito barulho


O lugar que você vai gravar pode determinar em grande parte a qualidade do vídeo. Procure um lugar calmo, que não seja barulhento e sem ruídos que atrapalhem a sua fala. 


Uma boa ideia é investir em um microfone lapela, aquele que fica grudado na camisa, sabe? Você encontra opções baratinhas no mercado, e a melhoria no som do vídeo com certeza será notável.


Aposte em uma boa iluminação


Ninguém gosta de assistir um vídeo escuro ou gravado contra o sol, né? O ideal é aproveitar ao máximo a luz natural e evitar os períodos em que o sol está em seu ponto máximo, como horários perto do meio-dia. 


Se não rolar de usar a iluminação do dia, você pode optar pela artificial. Compre spots de luz (eles custam em torno de 150 reais), ou faça a sua própria iluminação, colocando uma lâmpada fria dentro de um lustre japonês, por exemplo. Os resultados são melhores quando você utiliza pelo menos dois pontos de iluminação, um de cada lado da pessoa que será gravada, e lembre-se: a luz nunca deve ser direta. Como já sugerimos, coloque dentro de um recipiente para que fique difusa e não concentrada no seu rosto.


Escolha um cenário adequado


O cenário também deve ser considerado. Evite locais com muitas informações no fundo, como enfeites, móveis, papel de parede estampado, etc. Tudo isso pode roubar a atenção do espectador, fazendo que ele não se concentre tanto no seu discurso.


Estabeleça uma frequência de gravações


Não apareça uma vez na frente das câmeras e depois suma. Os seus eleitores esperam uma frequência de gravações. Grave vídeos pelo menos duas vezes por semana falando sobre assuntos relevantes para o seu eleitorado e, se possível, grave stories no Instagram todos os dias. Você pode mostrar o seu dia a dia, comentar sobre assuntos da sua campanha e até expor algum tema que esteja em alta naquele momento. O legal é aproveitar essa simultaneidade e não deixar pra depois, se não o tema pode perder o “gostinho de novidade”.


Editar não é um monstro de 7 cabeças


O ideal é que você consiga gravar de uma vez só, sem precisar editar. Pequenos erros não têm grande importância e gastar muito tempo editando pode fazer com que o seu assunto fique “ultrapassado”, como acabamos de explicar.


Mas, se precisar editar, não se preocupe. Apesar de edições elaboradas darem trabalho, você pode fazer um trabalho bom e suficiente sem precisar de um profissional especializado. Existem vários aplicativos simples e gratuitos para celulares, como o Kuik, Splice e iMovie. 


Aliás, um bom celular pode ser um investimento importante para a sua campanha. Existem dispositivos com câmeras boas entre 700 e 900 reais, vale dar uma pesquisada.


Grave sem medo


Por fim, a dica de ouro é: grave sem medo.


Ninguém nasceu sabendo e é normal errar. Falar em frente às câmeras pode ser desconfortável no início, gravar em ambientes públicos pode dar vergonha, mas o importante é não desistir.


Com a prática, você vai acabar se soltando e seu discurso sairá naturalmente. Busque sempre assistir o que está sendo produzido para aprender com os erros, buscar melhorias nos áudios e entender o que funciona bem e o que pode ser mudado.


Gostou dessas dicas? Então comece a agora e compartilhe com seus amigos! Ficou com dúvida? Chama a gente pelo Instagram: @InfluenciaPolitica.



71 visualizações
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle

contato@influenciapolitica.com

Tel.: +55 11 3231-3387

WhatsApp: +55 11 95436-5397 

Rua Rego Freitas, 553, Cj. 73
Vila Buarque, São Paulo, SP

01220-010

© 2019 por ViraLata Digital